Nando Moura acusa Felipe Neto de forjar e disseminar Fake News

Por meio das redes sociais Facebook e Twitter, o youtuber Nando Moura nega que o Ministério Público Estadual do Estado de São Paulo tenha dado parecer favorável ao Juizado Especial de Embu das Artes, para que ele seja condenado pelos supostos crimes de injúria e difamação contra uma estudante de São Paulo e acusa o também youtuber Felipe Neto de forjar, mentir e disseminar Fake News.

Segundo Nando Moura, Felipe Neto teria espalhado a notícia falsa sobre a suposta condenação, após a publicação de um vídeo intitulado “pais e mães, o que o Felipe Neto fez, a verdade”, no qual, Nando faz um alerta aos pais das crianças que consomem o conteúdo gerado por Felipe, sobre um vídeo publicado no ano de 2016, por Felipe Neto, intitulado “O pedófilo (o que você não sabe) ”.

Confira abaixo a publicação na íntegra

As buscas sobre a suposta prisão de Nando Moura entraram no Trends Topics Google, ficando em 10 lugar nas tendências de pesquisas diárias. Curiosamente, as buscas pelo nome de Nando Moura, aumentaram logo após Felipe Neto compartilhar a notícia criada pelo site Diário do Centro do Mundo, com seus milhões de seguidores do Twitter.

Entenda o caso

Segundo o Diário do Centro do Mundo, o Ministério Público de São Paulo teria autorizado ao Juizado Especial de Embu das Artes que o youtuber Nando Moura fosse condenado pelos crimes de injúria e difamação por ter chamado uma estudante do interior de São Paulo de “vagabunda” por três vezes em um vídeo que teve mais de 100 mil visualizações na internet. O MP requereu uma pena de dois de prisão.

comments