IFTO divulga concursos para docentes e técnicos administrativos

Grande oportunidade para os tocantinenses! O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins divulgou no dia 29 de março de 2019, o edital referente ao concurso público para provimento de cargos que tem como objetivo a seleção de professores e técnicos-administrativos. São 16 vagas no total.

De acordo com as informações do edital, as remunerações para essas vagas variam entre R$ R$ 4.455,22 e R$ 9.600,92, além da remuneração especificada acima, o candidato aprovado no certame poderá ter os seguintes benefícios: auxílio-alimentação, auxílio-transporte, auxílio pré-escolar, saúde suplementar e outros, de acordo com a legislação em vigor.

Concurso IFTO 2019: inscrições

Os interessados poderão se inscrever entre os 5 de abril até as 21h do dia 2 de maio de 2019, somente via internet, por meio do endereço eletrônico http://portal.ifto.edu.br/. A taxa de inscrição custa R$ 150,00 para professor EBTT, R$ 80,00 para Técnico-administrativo – Nível D e R$ 120,00 para Técnico-administrativo – Nível E.

Segundo o cronograma do certame, ambas as provas deverão escrita serão aplicadas no dia 2 de maio de 2019, na cidade de Palmas. Os gabaritos oficiais preliminares das provas objetivas de ambos os editais serão divulgados no site do IFTO, a partir das 16h do dia subsequente ao da realização das provas.

DOS REQUISITOS BÁSICOS PARA INVESTIDURA EM CARGO PÚBLICO

2.1. São requisitos básicos para a investidura no cargo público:

I – ter sido aprovado ou classificado no concurso público, na forma estabelecida neste edital;

II – ter nacionalidade brasileira ou portuguesa e, em caso de nacionalidade portuguesa, estar

amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento de gozo

de direitos políticos, nos termos do art. 12, § 1º, da Constituição da República Federativa do Brasil,

e, no caso dos demais estrangeiros, ter visto permanente no Brasil;

III – estar em dia com as obrigações eleitorais e, caso seja do sexo masculino, com as

obrigações militares;

IV – possuir o nível de escolaridade e a qualificação exigidos para o exercício do cargo, por

ocasião da posse, conforme indicado no Anexo I deste edital;

V – ter idade mínima de 18 anos completos na data da posse;

VI – ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo; e

VII – apresentar os documentos necessários na ocasião da posse.

Leia também
comments

Eduardo Ferreira

Editor-chefe do Portal Voz do Brasil, entusiasta político cheio de opiniões e acadêmico de Ciências Contábeis na Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS).