PF deflagra operação contra transferência irregular de títulos eleitorais no Tocantins

PF deflagra operação contra transferência irregular de títulos eleitorais
Foto: Divulgação

PF deflagra operação contra transferência irregular de títulos eleitorais no Tocantins

 



 

 

A Polícia Federal do Tocantins, deflagrou na manhã desta quinta-feira 28 de fevereiro, uma operação intitulada “Colheita” que apura crimes eleitores cometidos meditante transferência de títulos eleitorais com uso de documentos falsos. 
 
Cerca de 24 policiais federais participam da operação e cumprem seis  mandados de busca e apreensão no município de Oliveira de Fátima, região central do estado. Os mandados foram expedidos pela 13ª zona eleitoral da cidade Cristalândia – TO.
 
As investigações da PF apontavam que uma organização criminosa atuava no Tocantins com falsificação de documentos que segundo a Polícia Federal, eram usados como comprovantes de endereço para transferência irregular de títulos eleitorais. A investigação teve início em julho de 2018.
 
As investigações começaram após a Polícia Federal descobrir um um esquema criminoso de transferência de títulos eleitores em 2018, no município de Lajeado. Na época a investigação apontou que políticos transferiram centenas de títulos com a promessa de doação de lotes e atendimento médico.



comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *