Augustinópolis: Polícia Civil prende suspeitos de matar médico do exército

SUSPEITOS DE MATAR MEDICO GABRIEL

Augustinópolis: Polícia Civil prende suspeitos de matar médico do Exército

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Na tarde da última quarta-feira (31), a Polícia Civil do estado de Goiás prendeu, dois homens suspeitos de matar o tenente do Exército Gabriel Costa Lima. O crime ocorreu no feriado de 12 de outubro, na Chapada dos Veadeiros. A vítima era médico residente em ortopedia e traumatologia no Hospital Central do Exército, no Rio de Janeiro, e foi executado a tiros. Os disparos atingiram a bochecha, a nuca, as costelas e as costas do oficial. Ele estava no local para conhecer as cachoeiras da região turística de Alto Paraíso (GO).
A polícia não informou mais detalhes, pois o caso segue em sigilo e as investigações ainda estão em andamento.
O corpo de médico foi encontrado no dia 13 de outubro, com marcas de pelo menos quatro tiros, em uma estrada vicinal próximo à Cachoeira dos Cristais. Segundo os investigadores da delegacia de Formosa, responsável pelo caso, uma festa foi realizada na véspera da data em que Gabriel foi encontrado, na fazenda onde está a queda d’água.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *