Polêmica: Em Axixá, mulher pede ajuda para tratar câncer e prefeito oferece uma corda; veja vídeo

Axixá, mulher pede ajuda para tratar câncer e prefeito oferece uma corda; veja vídeo
Crédito Infográfico: Portal Voz do Brasil

Polêmica: Em Axixá, mulher pede ajuda para tratar câncer e prefeito oferece uma corda; veja vídeo


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Um vídeo disseminado nas redes sociais mostra o apresentador da Difusora FM, Justino Filho, nitidamente indignado relatando um episódio envolvendo o prefeito do município de Axixá do Tocantins e uma moradora que necessita tratar um câncer no rosto, em Araguaína – TO. Segundo o que foi mencionado no vídeo, a mulher não dispõe de condições financeiras para arcar com os custos do tratamento.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: “ca-pub-3978033039393394”,
enable_page_level_ads: true
});

No vídeo, o radialista relata que a mulher pediu ajuda ao prefeito Damião Castro (MDB), mas segundo ele, o gestor se negou ajudar e aconselhou a mulher a pegar uma corda e interditar uma avenida da cidade para pedir dinheiro aos proprietários de veículos que passassem pelo local. Essa foi “magnifica” sugestão proposta pelo atual prefeito.
“É uma das coisas que deixa o ser humano em estado de indignação, imagine você e a tua família precisando do SUS do município aí do Sítio Novo, Araguatins ou Augustinópolis. Você precisando da saúde e o prefeito da cidade fazer isso contigo” ponderou o apresentador.
Visivelmente revoltado com a atitude do prefeito, Justino criticou os eventos realizados pela prefeitura municipal, na cidade e criticou também a Câmara de vereadores. 
“Tem dinheiro para festa em praça, gastar o dinheiro público e não tem dinheiro para ajudar o cidadão, que prefeito é tu macho? E essa Câmara de vereadores não tem vergonha não?”, disse.
A redação do Portal Voz do Brasil, tentou entrar em contato com assessoria do prefeito, mas até o fechamento desta matéria não houve resposta.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *