Polícia Civil descobre laboratório de “supermaconha”

Polícia Civil descobre laboratório de "supermaconha" 1

Polícia Civil descobre laboratório de “supermaconha”

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Polícia Civil do Tocantins, descobre local onde funcionava um laboratório criado para desenvolver a droga Skank, conhecida como a ‘supermaconha’. O flagrante foi feito numa casa da quadra 110 Norte, onde mora um estudante de engenharia ambiental, de 22 anos, da Universidade Federal do Tocantins (UFT). A operação é realizada pela Delegacia Especializada na Repressão a Narcóticos (Denarc).

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: “ca-pub-3978033039393394”,
enable_page_level_ads: true
});

De acordo os policiais, oito pés de macanha foram encontrados no local. O cultivo era feito em duas estufas climatizadas com iluminação especial.
Ainda segundo a PC, foram apreendidos 2kg de maconha e 1 kg de skank, a supermaconha, além de dinheiro, sementes e balança de precisão.
O estudante, responsável pelo laboratório, é de Goiânia e mora em Palmas há cinco anos. Ele é suspeito de ser traficante de drogas há dois anos, na capital.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *