Araguatins: Falso policial tenta dar calote em bar e acaba preso, em Palmas

Araguatins: Falso policial tenta dar calote em bar e acaba preso, em Palmas 1

Araguatinense se passava por policial para dar calote em bar e acaba preso


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Na última sexta-feira (19), um homem identificado como  Elbis Pereira Mouzinho, 25 anos, foi preso após se passar por um falso policial federal e tentar fugir de um bar sem pagar a conta. De acordo informações do Folha do Bico, Elbis é natural do município de Araguatins, microrregião do Bico do Papagaio. O caso foi registrado em Palmas.

(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({
google_ad_client: “ca-pub-3978033039393394”,
enable_page_level_ads: true
});

Segundo o dono do estabelecimento, o golpista chegou ao local afirmando ser um policial e exibindo em sua cintura uma suposta arma de fogo, com o objetivo de conquistar a confiança dos funcionários.
“Ele estava muito bem vestido e era bom de lábia. Para umas pessoas ele disse que era federal e para outras afirmava ser policial civil, no entanto ele fez amizade facilmente, dizendo que iria pagar a conta de todos”, contou outra testemunha, que pediu para não ter o nome divulgado.
Depois de consumir cerca de R$ 700, o homem começou a demonstrar sinais de que iria embora sem pagar a conta, dizendo que ia buscar a carteira no carro, alarmando o proprietário.
O homem foi detido por seguranças do estabelecimento, que após deter o indivíduo os funcionários perceberam que a arma que Elbis estava usando era um simulacro de arma de fogo, tipo “Pistola”, o que estaria usando para intimidar clientes e funcionário do estabelecimento se passando por policial. 
“O homem tentou correr pela rua, mas nós conseguimos segurá-lo, com ajuda de clientes e funcionários, até a hora em que a polícia chegou”, contou um cliente complementando.
Em um vídeo gravado Elbis faz uma tentativa de intimidar as pessoas, afirmando ser policial civil, concursado em 2014.

Veja o vídeo


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *