Três PMs acusados de participar do assalto ao Banpará são presos

A Polícia Civil, prendeu em flagrante três policiais militares acusados de envolvimento no assalto a uma agência bancária do Banco do Pará (Banpará), ocorrido na madrugada da última terça-feira, no município de Bom Jesus do Tocantins, no sudeste paraense. Outros três suspeitos também foram detidos. Dentre os policiais, há dois sargentos e um cabo.
De acordo com as informações da Polícia Civil, os militares envolvidos no assalto foram presos em flagrante acusados de ajudar na fuga dos suspeitos e de fornecer armas e munições usadas no crime. Na viatura os investigadores apreenderam armas e munições utilizadas no assalto.
As prisões foram realizadas por policiais civis da Divisão de Repressão ao Crime Organizado (DRCO) e Grupo de Pronto-Emprego (GPE). Os suspeitos foram encontrados no interior de uma viatura da Polícia Militar, em uma estrada na zona rural do município.

Os acusados foram autuados pelos crimes de roubo qualificado e associação criminosa. Em depoimento, os três presos confessaram participação no assalto e declinaram que os PMs estavam no local para resgatá-los. As armas e munições apreendidas pertencem à PM. As investigações continuam para identificar e prender os demais envolvidos no assalto.
A corregedoria da PM apura o caso. Os PMs irão responder a um processo administrativo na Corregedoria, além do processo criminal que já estão respondendo. Eles estão passíveis de possível exclusão da PM. O processo administrativo vai tramitar por 30 dias que podem ser renovados por mais 20 dias e, ao final, um conselho de disciplina, irá fazer o julgamento do processo.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Por: Portal Voz do Brasil
Leia Também: Quadrilha explode caixas eletrônicas de Bom Jesus 

Foto reprodução internet

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *