Tocantins é o quinto estado que mais registra mortes por afogamento, aponta balanço da Sobrasa

Balanço feito pelo Corpo de Bombeiros apontou que 28 pessoas morreram por afogamento nos rios do Tocantins, de 1º de janeiro a esta segunda-feira (30). Os dados foram divulgados após o fim da temporada de praias, período em que o fluxo de banhistas é maior e em geral, aumenta o número de vítimas.
Os dados mostram que só no mês de junho, nove pessoas morreram afogadas. Um dos casos de maior repercussão foi registrado no dia 24, entre Esperantina e São Sebastião, no norte do Tocantins, onde o pastor Alpiniano Ferreira Campos, de 55 anos, morreu no rio Tocantins. Ele se afogou ao tentar ajudar dois adolescentes que também estavam se afogando. Fábio Carvalho da Conceição, de 15, e Maria Vitória Sousa Matos, de 13, também não resistiram. O caso aconteceu durante encontro de membros de uma igreja evangélica.
No mês de julho, quando começa oficialmente a temporada de praias no Tocantins, outras oito pessoas também não resistiram. Dentre elas, um menino de apenas 11 anos. Bruno Rodrigues Teixeira saiu para brincar em um córrego com outras crianças e se afogou, em uma região de chácaras, no setor Costa Esmeralda. O caso aconteceu no dia 26 deste mês.
Adolescentes também estão entre as vítimas. Daniel de Sousa Altanape, de16 anos, desapareceu enquanto nadava no rio Araguaia, no povoado Garimpinho, em Araguaína. Uma testemunha disse aos Bombeiros que ele estava com algumas pessoas em frente à ilha do Mosquito, quando não foi mais visto. O corpo foi encontrado no último sábado (28).
As vítimas são de todas as idades. No dia 21 foi encontrado o corpo de Raimundo Vieira da Silva, de 44 anos. Ele despareceu após se desequilibrar e cair de um barco no rio Tocantins, perto de Esperantina.
Ainda segundo os Bombeiros de janeiro até julho deste ano, as cidades que mais tiveram mortes foram São Sebastião do Tocantins, norte do estado, e Porto Nacional, com 3 mortes cada uma. A média de morte por afogamento, no Tocantins, chega a 70 por ano.
Ao todo, 134 guarda-vidas atuam em 39 praias de 34 municípios do Tocantins. Desses 134, 109 são guarda-vidas civis contratados pelas próprias prefeituras e 25 guarda-vidas dos Bombeiros.
Foto reprodução Copo de Bombeiros
comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *