Polícia e MP faz operação contra médico e enfermeiro acusados de cobrarem por cirurgias no Hospital de Augustinópolis.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Um médico ortopedista e um enfermeiro do Hospital Regional de Augustinópolis, extremo norte do estado, são suspeitos de exigir dinheiro de pacientes para agilizar cirurgias. Os dois foram levados para prestar depoimento durante uma operação do Ministério Público Estadual (MPE) e da Polícia Civil na tarde desta sexta-feira (24).
As investigações tiveram início em 2016, quando um dos pacientes fez denúncia na promotoria de justiça do MPE. Em um dos casos denunciados, o parente de um paciente apresentou o comprovante de depósito de R$ 2 mil na conta do enfermeiro.
De acordo com o promotor de justiça Paulo Sérgio Ferreira, declarações das vítimas e comprovantes de depósitos bancários foram apresentados à polícia. O técnico em enfermagem era o responsável pelas negociações, segundo o MPE.
O médico Alfredo Flores Urbina foi levado para a Delegacia de Augustinópolis para prestar depoimento. O técnico em enfermagem Civanildo Moraes da Silva foi encontrado no Maranhão e também seria levado para a delegacia. Eles devem ser liberados e vão responder em liberdade por exigir vantagem indevida. O crime é punido com reclusão de dois a oito anos e multa.
A Secretaria de Estado da Saúde disse que determinou o afastamento dos investigados pelo período de 60 dias até que sejam concluídas as investigações.
Polícia e MP faz operação contra médico e enfermeiro acusados de cobrarem por cirurgias no Hospital de Augustinópolis. 1
comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *