Petrobras anuncia aumento de 9,8% no preço do gás de cozinha.

A partir desta terça – feira (21), entra em vigor o reajuste de 9,8% no preço do gás de cozinha, anunciado pela Petrobras na última sexta feira, 17. De acordo com a estatal se aumento for repassado integralmente ao consumidor, a companhia estima que o botijão de gás pode subir 3,1%, ou cerca de R$ 1,76 por botijão, se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Em nota, a companhia afirmou que o valor praticado é sem incidência de impostos. Logo, se for repassado integralmente para o consumidor, o botijão pode subir em 3,1%, cerca de R$ 1,75 por cada produto. A medida não se aplica ao GLP destinado a uso industrial. De acordo com a Associação Brasiliense das Empresas de Gás (Abrasgás), os revendedores foram pegos de surpresa. Aproximadamente 90% dos comerciantes não receberam o comunicado das engarrafadoras. 
Como o produto passa por distribuidores e revendedores, o gás chegará bem mais caro à casa do consumidor brasileiro. Nas refinarias, o reajuste passa a valer a partir da terça-feira, 21.
Essa é a primeira vez que a estatal reajusta o preço do botijão nas refinarias desde o ano de 2015. Com o reajuste, a alta pelo botijão nas refinarias deve ser de aproximadamente 3,1%. Porém, distribuidores e revendedores podem aproveitar a fase para realizarem aumentos também, fazendo com que o gás chegue à casa do consumidor com até 10% de aumento, dependendo do local e da concorrência.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Petrobras anuncia aumento de 9,8% no preço do gás de cozinha. 1
comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *