Sem o parecer do vereador Toinho da Prefeitura, votação da PL do reajuste salarial é adiada pela 3 vez.

E ainda não foi nesta segunda-feira (05), que a Câmara Municipal de Augustinópolis votou o aumento dos subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais. Por falta do parecer do Presidente da Comissão de Finanças e Orçamento (Toinho da Prefeitura), a sessão foi encerrada mais uma vez sem cumprir a votação do projeto em pauta do dia. 
Dois membros que compõe a comissão, anteciparam que são contra o reajuste salarial, restando apenas o vereador Toinho da Prefeitura, para que a votação aconteça. 
A sociedade que tem participado na busca de identificar a transparência no processo de votação, já não suporta a demora da comissão para avaliação desde projeto. Segundo os moradores, vão continuar participando das sessões, muitos estão indignados com a demora na aprovação, realizam convocação através de um grupo do aplicativo WhatsApp para uma grande manifestação.
www.jornaldobico.com.br
Vereador Toinho da Prefeitura
comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *